Pastoral da Juventude - Diocese de Oliveira/MG

::Nossa Missão::

A Nossa Missão e Chamado

É missão de todos nós... Deus chama e quero ouvir a tua voz...

A missão da Pastoral da Juventude traz como eixo inspirador o texto de Lucas 4, 18-22. A partir desta Palavra seguem os pontos que orientam a ação, convencidos de que a Pastoral da Juventude tem de anunciar e testemunhar o Reino de Deus, movida pela proposta libertadora de Jesus Cristo e animada pelo Espírito, buscando concretizar a “Civilização do amor”.

  1. A missão é que dá a vida e sentido para a Pastoral da Juventude.
  2. A Pastoral da Juventude assume a evangélica opção pelos pobres e jovens.
  3. Compromisso com a libertação individual e coletiva, resgatando a cidadania.
  4. Denunciar as situações de morte e anunciar o Reino da vida.
  5. Descobrir alternativas, utilizando recursos, pedagogia e linguagem jovem.

A Pastoral da Juventude busca “despertar jovens para a pessoa e a proposta de Jesus Cristo e desenvolver com eles um processo global de formação a partir da fé para formar líderes capacitados a atuarem na própria PJ, em outros ministérios da Igreja e em seu meio específico, comprometidos com a libertação integral do homem e da sociedade, levando uma vida de comunhão e participação”.

Na Diocese de Oliveira, a Pastoral da Juventude tem como prioridade despertar, acompanhar e articular grupos; ter abertura e buscar articular-se para o trabalho conjunto com outras pastorais, movimentos, associações e serviços; promover a formação bíblica que alimente o projeto de vida, o engajamento comunitário, missionário e social.

A nossa conjuntura eclesial faz com que na maioria das cidades o centro da vivência de Igreja se faça nos templos centrais, no salão "nobre" paroquial, nas casas grandes dos centros, nas avenidas principais, nos coretos, nas praças, nos "palácios" paroquiais. Deste modo, e, por diversos motivos como faltam padres, recursos e estrutura, nossa Igreja se distancia das periferias e naturalmente nossa vivência de pastoral por essa própria conjuntura não nasce no seio das comunidades, mas no seio eclesial do centro que é distante de muitas realidades. Esse se torna, portanto, um desafio fundamental: sair das sacristias, salões e templos e enxergar a comunidade com olhar menos paroquial e mais humano. Esses desafios são comuns a todos nós e devem ser enfrentados.

Um dos caminhos de nossa missão é formação de novos grupos. Já foi o tempo que desejávamos todos os jovens da comunidade em um único grupo. O caminho é vários grupos em rede nas várias comunidades. Temos que lançar um olhar para fora de nossos grupos, para os espaços onde se encontram os jovens, para as comunidades rurais e urbanas.

É claro que nossa missão é formar agentes jovens de evangelização de outros jovens através da di8mica de grupos de jovens? É claro que nosso olhar deve estar voltado para os jovens? Nossa missão nos leva ao encontro de todos os jovens nas diversas realidades eclesiais e sociais, sendo sensíveis e solidários com suas dores, desejos, alegrias, necessidades, potencialidades, anseios...

Autor: Equipe diocesana da PJ
Aprofundamento realizado em nossa reunião diocesana

 

Escritório: Rua Comendador Lobato, 420 - Bairro Aparecida
Oliveira / Minas Gerais - Cep.: 35540-000
E-mail: pjsecretaria@hotmail.com